Portal

Esta coisa que chamamos humanos.

Este caminho que chamamos vida.

Este nada que chamamos morte.

Este tudo que chamamos amor.

Esta prisão que chamamos fome.

Esta pedra que chamamos possibilidade.

Este fim que chamamos guerra.

Este começo que chamamos compaixão.

Este andar que chamamos humanidade.

( poesia Portal, fotografia/local Paço Imperial – Rio de Janeiro, em 16 de junho de 2017 )

No Instagram vocês podem conhecer um pouco do meu trabalho como artista visual.

@docotidianotiraste 

Projeto Do Cotidiano Tiraste Poesia.

A ideia é extrair do cotidiano a poesia visual e fazer a intersecção da imagem com a poesia escrita.