Imagem

Empoderamento Feminino

©carolinakasting

Depois da noite de premiação do Oscars 90 #oscars90 , não poderia deixar de falar sobre o empoderamento feminino que, na minha opinião, vem acontecendo desde muito antes dessa palavra cair em uso.

Nós mulheres somos a resistência, sempre nos mantivemos em posição de resistência. Nossa condição nos colocou nesse papel, sempre estivemos na retaguarda de todas as transformações e conquistas da humanidade mas nunca pudemos usufruir de um lugar de igualdade. Parece que o mundo está mudando e a noite de ontem foi um sopro de alegria para nós.

Quem é oprimido por muito tempo, perde a voz. Ontem nós a recuperamos no discurso da atriz Frances McDormand. Um discurso repleto de uma atitude desprovida de auto referências e vaidade. Ela chama todas as mulheres para se levantarem e da um recado aos homens:

“Todas nós temos histórias para contar e projetos para financiar. Não falem conosco sobre isso nas festas esta noite. Nos convidem para seus escritórios daqui uns dias. Ou podem ir aos nossos. O que for melhor. E contaremos tudo sobre eles. Tenho três palavras para deixar com vocês esta noite, senhoras e senhores: cláusula de inclusão.”

Parece realmente que estamos ganhando voz e reconhecimento, pela nossa força que é imensurável.

Que venham oportunidades iguais, salários iguais e que sejamos ouvidas. Que diminuam as taxas de feminicídio, que o assédio não seja mais parte do nosso cotidiano.
Força para fazer valer tudo isso nós temos, genética e adquirida durante séculos de resistência humana. Basta nos enxergarmos dessa forma. Este será o nosso verdadeiro empoderamento.

Mulheres ativar!

https://g1.globo.com/google/amp/https://g1.globo.com/pop-arte/cinema/oscar/2018/noticia/oscar-2018-frances-mcdormand-pede-e-todas-as-mulheres-indicadas-se-levantam.ghtml

Imagem

Gratidão e Amor. Venha, 2018!

Para mim a vida profissional não está separada da vida pessoal, assim como o corpo não está separado da alma. Esse ano que passou me deixou muitas lições, uma delas foi o encontro que tive com minha própria totalidade como ser humano. Esta totalidade, a encontrei no amor, na arte, na relação com o outro. A integridade encontrou seu sentido na vida. As parcerias nunca foram tão fortes. Por isso gostaria de agradecer às pessoas que compartilharam comigo essa jornada. Gratidão e amor por todos vocês. 

Que em 2018 sigamos juntos com mais sementes plantadas e mais frutos colhidos.

 Venha, 2018!

Mauricio Grecco Cora Arruda Grecco Rafael Grecco Carol Nasser Shirley Yanez Sayonara Sarti Vanessa Clark Karen Brusttolin Chapelaria Barbarah Sofitel Ipanema Rosenete Pereira Lucas Pereira Nova Assessoria Pino Gomes Alphorria Sergio Arruda Yara Kasting Arruda Carla Alves Fábrica Bhering 

Tuna Dwek Solange Pereira Galeria Eixo Arte Clube Quindim Volnei Canonica Roger Mello Yabú Uma Sara Figueiredo Cadu Lacerda Flavia Rodrigues Close In Closet Guga Arruda Milene Arruda

Tom Arruda Grecco Diego Senra Names Agenciamento Priscilla Prade Ivann Willig Estúdios Globo Janine Bastos Rodrigo Aidar Valesca Hime Rejane Kasting Arruda 

Glow Dry Bar Lena Valzinha Gabo Café We Do Yanez Confeitaria Marion Brasil Fernanda Thibau Vanessa Cabidelli Costão do Santinho Resort Mauricio Arruda Mendonça Paulo de Moraes Mirinha Renata Grecco 

Imagem

Com Amor Eterno.

Ontem tive um sinal tão bonito de que quando você age com o coração limpo, o retorno pode demorar para acontecer, mas quando acontece ele é grande e sólido.
Eu estava em um dia difícil, apesar de toda a alegria com esse momento lindo em minha vida, da felicidade que estou sentindo, também sou feita de luz e sombra, e as vezes, diariamente (risos) Hades me pega pela mão e me leva para as profundezas.

Para encurtar, não quero fazer textão, fui abordada na rua por uma senhora que me disse:

Carolina, te acompanho desde o início, você venceu, você chegou em um lugar lindo, por tudo que você passou, não há desafio impossível para você, você superou todos e chegou aonde queria chegar.

Eu disse:

Ah! não fala isso (emocionada).

E ela:

Depois, a maturidade te fez muito bem.

Pousei suavemente minha mão em seu braço, como quem sem palavras diz, quem é você? Você acaba de salvar a minha vida. Me despedi e fui embora.

Não tenho mais nada a falar. Somente a agradecer.

E essas duas aí em cima👆

(em um momento comportadas, em outro não rs), fazem parte de tudo que sempre foi o mais importante para mim, o amor, a amizade e o tempo.

O tempo que amadurece tudo e concretiza o real das coisas. Para cultivar o tempo é necessário semear, para colher é necessário ter paciência. Para ter o coração limpo é necessário ter compaixão. Enxergar o outro e mesmo que veja suas imperfeições, dar-lhe as mãos.

Meu casamento foi lindo porque foi o resumo de tudo que eu acredito, que nós acreditamos, eu e Mauricio. Nosso casamento foi a concretização de nós dois.

Com amor eterno.

@sayonarasarti

@karenbrusttolin

@shirleyyanezb

@carolnasseratelier

#casamentocarolkasting #casamentoperfeito #miniwedding

Imagem

A noiva mais feliz do mundo.

Meu casamento foi pleno e perfeito, porque foi a nossa cara. É muito emocionante celebrar uma relação de dezoito anos porque a gente já construiu uma história juntos e ver nossos filhos e amigos reunidos foi lindo. Fui a noiva mais feliz do mundo! E nada disso teria sido possível se não fossem os profissionais maravilhosos que eu escolhi para realizar o meu sonho. São eles!

Vestido Carol Nasser @carolnasseratelier

Beauty Nat Rosa @natrosamakeup

Produção Shirley Yanez @shirleyyanezb

Decoração @wedoyanez

Assessoria de Imprensa Sayonara Sarti  @sayonarasarti @novaassessoriaerp

Fotos Carla Alves @carlaalvesfotografia

Joias Vanessa Clark @vanessaclarkjoias

Arranjo de cabeça Barbarah Heliodora @chapelariabarbarah

Unhas @glowdrybar

Stylist da Cora e Tom Karen Brusttolin @karenbrusttolin

Flores (lavandas, saudade e suculentas) @wedobotanica

Papelaria e caligrafia moderna dos convites Jorge Yanez @jyanezdesign

Bem-casados e bala de côco @confeitariamarionbrasil

Doces fitness @dilemasdalala

Massagem na noiva @pesnasnuvens com produção de @allana_villela

Dia da Noiva e Lua de Mel @sofitelipanema

Vinhos veganos @medusaurbana / @vinhos_canivezi

Espumante @winevinhos

Bolo e macarons @rafaelapanisset

Buffet vegetariano @bloisebuffet

20171108223918937

DJ Lucas Alves @outknives

E a festa continua na vida, com amor…

Carolina Kasting
#casamentocarolkasting #miniwedding #casamentoperfeito

UM POVO SEM CULTURA É UM POVO SEM VOZ

Defender a cultura hoje virou algo condenável, como se todas as manifestações artisticas fossem iguais. Uma generalização que traduz bem o momento em que estamos vivendo, e os políticos fundamentalistas se apropriam disto. Como bem disse Vik Muniz, o sonho de todo autoritarista é presidir sobre uma nação de mudos. Pois bem, nós artistas não vamos nos calar, porque sabemos o que está por detrás desses fatos pontuais de censura, sabemos o que diz a mensagem subliminar.
Pensando sobre isto, me lembrei de O Grande Discurso de Charles Chaplin, que eu tinha pendurado na parte de dentro da porta do meu armário, no meu quarto de criança. Estava fadada a ser artista, pobre menina, fadada a militar pela liberdade de expressão e contra qualquer tipo de exploração. Lembrei disso porque a grande massa talvez não entenda, justamente por estar sendo manipulada. Chaplin tentava acordá-la ou pelo menos fazer uma analogia a sua dormência

Soldados! Não vos entregueis a esses brutais que vos desprezam, que vos escravizam, que controlam as vossas vidas, que ditam os vossos actos, as vossas ideias e os vossos sentimentos! Que vos fazem marchar no mesmo passo, que vos submetem a uma alimentação regrada, que vos tratam como gado e vos usam como carne para canhão. Não sóis máquinas! Homens é que sóis! E com o amor da humanidade nas vossas almas! Não odieis! Só odeiam os que não se fazem amar… os que não se fazem amar e os inumanos! Soldados! Não batalheis pela escravidão! Lutai pela liberdade!”

Muito difícil fazer despertar, muito difícil mas se pode plantar a semente, semear, a função política da arte é esta, então sigamos fazendo arte.


Um Post de Domingo ou…

…a vida é uma espiral onde os momentos se encontram em paralelo no tempo. Hoje, meu filho de um ano de idade toma banho na banheira do apartamento antigo que agora é novo, para onde nos mudamos. Há quarenta anos atrás eu tomava banho na banheira da casa dos meus pais. Lembro que passávamos sabonete no encosto da banheira para que escorregasse melhor e estava feita a nossa diversão. Simplicidade plena de alegria.

Tive vários déjà vu no apartamento novo, como se o presente fosse o passado e vice versa, como se aquilo que vivo agora já tivesse sido vivido. O tempo se movimenta em dimensões que desconhecemos.

Ver meus filhos crescerem me faz pensar na minha infância, o futuro já tão próximo vira passado e o presente se engrandece e dá sentido a vida.
A vida dança e se eterniza pelo amor, o ódio escorre pelo ralo e se esvai. Os medíocres, me condoeço deles porque jamais entenderão as sincronicidades, jamais aprenderão com as adversidades da vida. Mas meu coração é grande e eu posso ter compaixão.
A vida é muito mais do que nossa vã consciência pode alcançar.
E o retorno da curva, é certo.

Vamos Falar de Casamento

Faltam menos de dois meses para o meu casamento e chegou a hora de dar as dicas tão esperadas.

Depois de dezoito anos casados, vamos casar!

Vamos celebrar as conquistas e os filhos, os amigos e o amor, principalmente o amor.

Também já não sou mais nenhuma noiva em busca de um príncipe encantado, até porque já encontrei o meu ( risos ) e as mulheres contemporâneas não agem mais como princesinhas, são guerreiras e sabem o que querem.

Pensando em tudo isto, estou preparando, com a ajuda da incrível Shirley Yáñez, um casamento que será mais uma celebração do que uma cerimônia. Será um miniwedding, sem padre ou padrão, vamos pensar em tudo que nos faz feliz, a mim e ao noivo, e a festa será assim.

Começando com a lista de convidados. Este foi o item que tive maior dificuldade em fazer porque dá vontade de convidar todo mundo!!!!!

Se você optar por um mini wedding deve fazer uma lista de no máximo cem convidados, pensando que normalmente 30% dos convidados não comparecem a festa. O lugar também é fundamental. Pense em um local acolhedor e que tenha um significado bonito para vocês.

Eu escolhi fazer em casa, porque ela representa uma nova fase da nossa vida e os convidados celebrarão conosco também o novo lar.

A parte ruim de uma lista de casamento seleta é que algumas pessoas podem ficar chateadas de não serem convidadas mas se você falar com jeitinho elas compreenderão. A parte boa é que a festa ficará mais íntima e vocês poderão atender a todos, falar com todos os convidados e se divertir com os amigos em uma linda confraternização. Sabe aquela história de “não consegui ver ninguém no meu casamento?!” No mini wedding isso não acontece.

Segundo item, o vestido. O meu será um Carol Nasser. Escolha um estilista que você admira e que possa fazer um vestido sob medida para você. Estilistas que têm atelier pequeno, normalmente podem dar maior atenção aos seus clientes e fazer algo mais exclusivo.

Eu prefiro vestidos mais delicados, nada de rendas duras e saias armadas. Aquela noiva que em muito se assemelha ao bolo, já saiu de moda e não combina com o conforto que buscamos hoje em dia.

As joias precisam ser pensadas e criadas a partir do vestido, as minhas serão Vanessa Clark.

Não deixe de pensar na roupa da família toda mas todos devem estar se sentindo bem, nada de impor uma cor ou estilo. Cora terá Assessoria de estilo de Karen Brusttolin ( @closeincloset ). Mauricio, Tom e Rafael, serão vestidos por eles mesmos ( risos ).

Um item muito importante é a cerimônia em si, mas não gosto deste nome porque me parece arrastado e cansativo, como aquele casamento que você fica horas em pé, e não se sente próxima dos noivos. Optei por fazer o que chamo de ritual, e nesse aspecto deixar o momento acontecer é muito importante.

Cada um se propôs a fazer o que gosta: escrevi um texto/poesia para ler, não faço a menor ideia do que Mauricio fará para mim ( risos ), Tom entregará a caixinha com as alianças que esconderemos em uma caixa maior, para ficar divertido para um bebê de 1 ano, e Cora está pensando em cantar. Perguntem se eu vou chorar. Já estou combinando com a mega Blaster amiga maquiadora Nat Rosa que fará a minha beauty para que a make seja a prova de lágrimas ( risos ).

Os padrinhos serão dois amigos que amamos muito, Volnei Canonica e Roger Mello, que escreverá um texto sobre nós.

buffet. Acho este item sempre negligenciado nas festas. Comete-se o equívoco de oferecer opções nem um pouco saudáveis, como se comida tivesse que ser pesada para ser saborosa.
Sou da opinião que “saiba o que como, saberás quem sou”. É importantíssimo apresentar aos convidados não só uma comida de qualidade, como também que traduza quem vocês são.

Confesso aqui que esse casamento será um presente, uma homenagem ao meu marido e espero que ele não leia este texto para não estragar a surpresa. Quando fiquei sabendo que poderia fazer uma apresentação de culinária vegetariana no meu casamento, quase chorei. E pasmem, é mais saborosa do que qualquer outra porque valoriza cada ingrediente. Mas o meu conselho é, ofereça aquilo que você gosta, seus convidados vão se sentir em casa. Vinhos e espumantes também não podem faltar nesse ritual!

Teremos um DJ com playlist escolhida por nós todos. Será uma lista eclética pois cada um tem seu estilo.

Ah, e não deixe de registrar esse momento único, em fotos e vídeos, em tudo que for possível. Ele ficará eternizado no coração das pessoas que estiverem presentes mas não custa registrar.

Durante esses dias que faltam, tentarei mantê-los atualizados.

Viva os noivos, todos eles, e que sejam felizes para sempre!