Vamos Falar de Casamento

Faltam menos de dois meses para o meu casamento e chegou a hora de dar as dicas tão esperadas.

Depois de dezoito anos casados, vamos casar!

Vamos celebrar as conquistas e os filhos, os amigos e o amor, principalmente o amor.

Também já não sou mais nenhuma noiva em busca de um príncipe encantado, até porque já encontrei o meu ( risos ) e as mulheres contemporâneas não agem mais como princesinhas, são guerreiras e sabem o que querem.

Pensando em tudo isto, estou preparando, com a ajuda da incrível Shirley Yáñez, um casamento que será mais uma celebração do que uma cerimônia. Será um miniwedding, sem padre ou padrão, vamos pensar em tudo que nos faz feliz, a mim e ao noivo, e a festa será assim.

Começando com a lista de convidados. Este foi o item que tive maior dificuldade em fazer porque dá vontade de convidar todo mundo!!!!!

Se você optar por um mini wedding deve fazer uma lista de no máximo cem convidados, pensando que normalmente 30% dos convidados não comparecem a festa. O lugar também é fundamental. Pense em um local acolhedor e que tenha um significado bonito para vocês.

Eu escolhi fazer em casa, porque ela representa uma nova fase da nossa vida e os convidados celebrarão conosco também o novo lar.

A parte ruim de uma lista de casamento seleta é que algumas pessoas podem ficar chateadas de não serem convidadas mas se você falar com jeitinho elas compreenderão. A parte boa é que a festa ficará mais íntima e vocês poderão atender a todos, falar com todos os convidados e se divertir com os amigos em uma linda confraternização. Sabe aquela história de “não consegui ver ninguém no meu casamento?!” No mini wedding isso não acontece.

Segundo item, o vestido. O meu será um Carol Nasser. Escolha um estilista que você admira e que possa fazer um vestido sob medida para você. Estilistas que têm atelier pequeno, normalmente podem dar maior atenção aos seus clientes e fazer algo mais exclusivo.

Eu prefiro vestidos mais delicados, nada de rendas duras e saias armadas. Aquela noiva que em muito se assemelha ao bolo, já saiu de moda e não combina com o conforto que buscamos hoje em dia.

As joias precisam ser pensadas e criadas a partir do vestido, as minhas serão Vanessa Clark.

Não deixe de pensar na roupa da família toda mas todos devem estar se sentindo bem, nada de impor uma cor ou estilo. Cora terá Assessoria de estilo de Karen Brusttolin ( @closeincloset ). Mauricio, Tom e Rafael, serão vestidos por eles mesmos ( risos ).

Um item muito importante é a cerimônia em si, mas não gosto deste nome porque me parece arrastado e cansativo, como aquele casamento que você fica horas em pé, e não se sente próxima dos noivos. Optei por fazer o que chamo de ritual, e nesse aspecto deixar o momento acontecer é muito importante.

Cada um se propôs a fazer o que gosta: escrevi um texto/poesia para ler, não faço a menor ideia do que Mauricio fará para mim ( risos ), Tom entregará a caixinha com as alianças que esconderemos em uma caixa maior, para ficar divertido para um bebê de 1 ano, e Cora está pensando em cantar. Perguntem se eu vou chorar. Já estou combinando com a mega Blaster amiga maquiadora Nat Rosa que fará a minha beauty para que a make seja a prova de lágrimas ( risos ).

Os padrinhos serão dois amigos que amamos muito, Volnei Canonica e Roger Mello, que escreverá um texto sobre nós.

buffet. Acho este item sempre negligenciado nas festas. Comete-se o equívoco de oferecer opções nem um pouco saudáveis, como se comida tivesse que ser pesada para ser saborosa.
Sou da opinião que “saiba o que como, saberás quem sou”. É importantíssimo apresentar aos convidados não só uma comida de qualidade, como também que traduza quem vocês são.

Confesso aqui que esse casamento será um presente, uma homenagem ao meu marido e espero que ele não leia este texto para não estragar a surpresa. Quando fiquei sabendo que poderia fazer uma apresentação de culinária vegetariana no meu casamento, quase chorei. E pasmem, é mais saborosa do que qualquer outra porque valoriza cada ingrediente. Mas o meu conselho é, ofereça aquilo que você gosta, seus convidados vão se sentir em casa. Vinhos e espumantes também não podem faltar nesse ritual!

Teremos um DJ com playlist escolhida por nós todos. Será uma lista eclética pois cada um tem seu estilo.

Ah, e não deixe de registrar esse momento único, em fotos e vídeos, em tudo que for possível. Ele ficará eternizado no coração das pessoas que estiverem presentes mas não custa registrar.

Durante esses dias que faltam, tentarei mantê-los atualizados.

Viva os noivos, todos eles, e que sejam felizes para sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s